Já é possível fazer consulta de interferência sem precisar ir à Caesb - Correio do Síndico

Home Top Ad

ANUNCIE AQUI

12 de maio de 2015

Já é possível fazer consulta de interferência sem precisar ir à Caesb

Liberação para quem vai realizar projeto ou obra que possa afetar rede de abastecimento de água ou de esgoto da companhia pode ser tirada pela internet
Da Agência Brasília, com informações da Caesb12 de maio de 2015 - 13:35

A Caesb tornou disponível em seu site um link pelo qual é possível empresas ou pessoas físicas consultarem previamente um cadastro e verificar se o projeto ou a obra que pretendem realizar interfere na rede de água e esgoto operada e mantida pela Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal. A carta de interferência, documento que só é fornecido após a utilização deste serviço, é uma das exigências para obtenção do alvará de construção emitido pelas regiões administrativas.

A consulta ao cadastro dos sistemas de abastecimento de água e esgotamento sanitário, antes do desenvolvimento de projetos ou de implantação de obras, é imprescindível para o conhecimento prévio de possíveis interferências, evitando retrabalho e custos para adaptação do projeto do cliente e danos às redes durante a execução da obra.

Na consulta de interferência são fornecidas, além da carta resposta, informações relativas a infraestrutura das redes como diâmetro, material, profundidade, declividade, posicionamento e status.

Para fazer a solicitação é necessário acessar o site da Caesb, depois clicar em serviços para você e, em seguida, interferência de rede, onde haverá um formulário para ser preenchido com informações pessoais e dados do endereço. Após o envio da solicitação, a Caesb informará por e-mail todo o andamento do processo. O prazo para a emissão da carta de interferência é, em média, de 15 dias, caso não haja necessidade de atualização cadastral.

Fonte: Redação.