Parques administrados pelo Ibram voltam a funcionar - Correio do Síndico

Home Top Ad

ANUNCIE AQUI

16 de novembro de 2015

Parques administrados pelo Ibram voltam a funcionar

Após encerramento da greve de servidores do instituto, unidades abriram normalmente nesta segunda-feira (16)

Parque Urbano Bosque do Sudoeste

Com o fim da greve dos servidores do Instituto Brasília Ambiental (Ibram) na sexta-feira (13), os 16 parques administrados pelo órgão que estavam fechados voltaram a funcionar normalmente nesta segunda-feira (16).

Durante os 39 dias de paralisação, foram mantidos abertos os Parques Ecológico de Águas Claras; Ecológico Olhos D'Água, na Asa Norte; Vivencial do Anfiteatro Natural do Lago Sul (também conhecido como Asa Delta); e Lago do Cortado, em Taguatinga.

De acordo com o Ibram, essas unidades funcionaram graças a um acordo de cooperação entre o órgão e a Polícia Militar Ambiental, que garantiu a segurança dos locais.

Veja o horário de funcionamento dos parques administrados pelo Ibram:

Parque de Uso Múltiplo da Asa Sul
Conhecido como o berço das capivaras — que o utilizam com frequência para tomar banho de sol e nadar na lagoa —, o espaço de lazer, prática esportiva e observação da natureza recebe média de 200 visitantes por dia. Conta com uma Unidade Demonstrativa de Permacultura (junção de técnicas para propiciar uma agricultura esteticamente bonita e autossustentável), bacia de evapotranspiração, círculo de bananeiras, sanitários ecológicos — que fazem o tratamento da água utilizada pelos usuários — e agrofloresta.

SGAS 613/614, Asa Sul
Abertos todos os dias, das 6 h às 19 h

Parque de Uso Múltiplo do Lago Norte
Composto por uma faixa verde ao longo do Lago Paranoá, com ciclovia bem sombreada que atrai aves e pequenos mamíferos, oferece mesas de piquenique e áreas de lazer. Na margem do lago, há um píer de madeira, ideal para pescar e praticar esportes aquáticos, como a canoagem.

Módulo I, CA SHIN Lago Norte
Aberto todos os dias, das 6 h às 18 h

Parque dos Jequitibás
Criado em 1994, abriga árvores de grande porte, como o jequitibá. No estacionamento, uma pavimentação especial facilita a absorção de água pelo solo. Com média de 600 frequentadores nos fins de semana e 400 de segunda a sexta-feira, atrai visitantes para a pista de skate e para o circuito de ginástica, criados em 2012.

Quadra 10/11, Avenida do Contorno, Sobradinho
Aberto todos os dias, das 6h30 às 19 h

Parque Ecológico Canela de Ema
A vegetação típica de áreas alagadas traz grande riqueza de fauna para o parque, considerado um verdadeiro santuário de vida silvestre em Sobradinho. Ideal para contemplação da natureza.

Área Especial 3, Núcleo Urbano Fazenda, Sobradinho
Aberto todos os dias, das 6 h às 18 h

Parque Ecológico das Garças
Paraíso para praticantes de stand-up paddle, caiaque e remo, é considerado a "ponta de picolé" da região, devido ao tipo de terreno. Muitos visitantes também costumam levar cães para passear, pois o local é um grande campo limpo. Não há, porém, infraestrutura de banheiros.

SHIN Ql 15/16, Lago Norte (ao lado do Clube do Congresso)
Aberto todos os dias, das 6 h às 18 h

Parque Ecológico de Águas Claras
Criado em 2000, é contornado por longas e largas trilhas, ideais para praticar corrida e caminhada. Durante os fins de semana, recebe, em média, 4 mil pessoas. Nos 95 hectares de área, é possível encontrar patos, capivaras, gansos, tucanos e bem-te-vis que vivem por entre ipês, ingás e outras árvores frutíferas. Conta também com espaço específico para educação ambiental, campo de futebol com grama sintética, quadra poliesportiva, equipamento de ginástica e campo de futebol de areia.

Avenida Castanheiras, Centro, Águas Claras
Aberto todos os dias, das 6 h às 22 h

Parque Ecológico do Areal
Implantado em 2012, apresenta características urbanas, com várias quadras esportivas, campos de futebol, praças e áreas de lazer.

Quadras QS6/QS8, Taguatinga
Aberto todos os dias, das 6 h às 22 h

Parque Ecológico do Tororó
Fica a pouco mais de 30 quilômetros da Rodoviária do Plano Piloto, perto do Lago Sul. Uma trilha íngreme em meio ao Cerrado leva o visitante a uma das mais altas e belas cachoeiras do DF. O salto tem queda livre de aproximadamente 15 metros de altura, o que atrai praticantes de rapel.

BR 251/DF-140, Santa Maria
Aberto todos os dias, das 6 h às 18 h

Parque Ecológico Dom Bosco
Muito conhecido por abrigar a Ermida — um dos principais cartões postais da cidade —, é uma das unidades de conservação do Distrito Federal que mais recebe visitantes. Nos períodos de seca, são cerca de 800 frequentadores durante a semana e, nos fins de semana, 3 mil. Nos períodos chuvosos, o número passa para 400 e 1,5 mil, na semana e nos fins de semana, respectivamente. O parque conta com o Jardim do Patrimônio Ecológico, espaço onde há as 12 espécies de árvores nativas do bioma, tombadas pelo Patrimônio Ecológico do DF, entre elas a copaíba e a aroeira.

QL 30 do Lago Sul (acesso pela Estrada Parque Dom Bosco)
Aberto todos os dias, das 6 h às 20 h

Parque Ecológico Ezechias Heringer
Conhecido também como Parque do Guará, leva o nome do agrônomo que dedicou a vida a estudar a flora do Cerrado. Está em um dos locais em que o ambientalista mais atuou, identificando cerca de 72 espécies de orquídeas nativas da região. Os visitantes podem conhecer algumas dessas espécies no orquidário que recebe o nome de Barjout Mirray Heringer, viúva do pesquisador. Chega a receber 300 pessoas nos fins de semana, dispõe de estrutura para a prática de esportes, como pista de cooper, ciclovia, quadra poliesportiva, quadra de areia e ponto de encontro comunitário (PEC).

QE 23, Guará II
Aberto todos os dias, das 6 h às 18 h

Parque Ecológico Olhos D'Água
Cercado e com seguranças trabalhando nele durante 24 horas, tem pista de cooper de 2,1 quilômetros, parque infantil, circuito de exercícios, trilhas internas, relógio do sol e área de preservação ambiental. Também apresenta um pequeno lago, conhecido como Lagoa dos Sapos, e flora típica do Cerrado. A fauna inclui peixes, aves, anfíbios, répteis, invertebrados e pequenos mamíferos. Com média de 800 frequentadores nos fins de semana e 500 de segunda a sexta-feira, é palco para atividades culturais e programas mais alternativos, como encontros de ioga, tai chi chuan e meditação. As programações culturais são desenvolvidas pela comunidade, sob autorização do Ibram.

SQN 413/414, Asa Norte
Aberto todos os dias, das 6 h às 20 h

Parque Ecológico Península Sul
Oferece uma bela vista do Lago Paranoá, que pode ser contemplada num passeio pela trilha que margeia o parque. Frequentadores costumam praticar esportes como o stand-up paddle e o kitesurf.

SHIS QL 12, Lago Sul
Aberto todos os dias, das 6 h às 22 h

Parque Ecológico e Vivencial Recanto das Emas
O grande atrativo é o Ribeirão Monjolo, que corre em meio a um exuberante vale. O local é ideal para trilhas e para contemplação da natureza.

Quadra 311, Recanto das Emas
Aberto todos os dias

Parque Ecológico Veredinha
Próximo à Lagoa de Brazlândia, tem vegetação variada, entre matas de galeria, Cerrado típico, veredas úmidas e nascentes de águas límpidas. A área pode ser explorada por meio de trilhas.

Entre as quadras 3 e 12, Brazlândia
Aberto todos os dias, das 6 h às 18 h

Parque Lago do Cortado
Situado na região central de Taguatinga, abriga o Ribeirão do Cortado, que contém várias pequenas cachoeiras. Por ser um local onde brotam nascentes, foi construída uma passarela suspensa que proporciona condições ideais para contemplação e observação da natureza.

QNF/QNL, Taguatinga
Aberto todos os dias, das 6 h às 18 h

Parque Saburo Onoyama
Inaugurado em junho de 1988, também conhecido como Vai Quem Quer, recebeu o nome em homenagem ao japonês Saburo Onoyama, em reconhecimento à luta pela preservação do Cerrado em Taguatinga. Conta com área de convivência, churrasqueiras, quadra poliesportiva, quadra de areia, playgrounds, fossas ecológicas, vestiários e uma piscina para crianças e adultos. Oferece 1.270 metros de trilha pavimentada, trilhas naturais, oito pontes de madeira, área para piquenique, posto médico, quiosques, anfiteatro e sede administrativa com salão de eventos.

Área Especial, Taguatinga Sul (atrás da QSC 25 e perto do Lar dos Velhinhos)
Aberto todos os dias, das 7 h às 18 h
Funcionamento das piscinas: de quinta a domingo, das 9 h às 16 h (para usá-las, pede-se atestado médico)

Parque Três Meninas
O local é uma antiga fazenda construída nos anos 1960, onde se destacam três pequenas casas feitas pelos antigos proprietários para as três filhas. Em meio a esse contexto, o parque oferece pista de skate, parques infantis, quadras poliesportivas e ciclovia. Com 72 hectares, recebe em média 100 visitantes por dia. Entre os atrativos ecológicos estão o Jardim dos Pequis, com mais de 50 pés plantados; a Alameda dos Ipês; e o Jardim Pomar do Cerrado.

Quadras 609 a 611, Samambaia
Aberto todos os dias, das 7 h às 18 h

Parque Urbano Bosque do Sudoeste
Criado em 2013, reúne quadra poliesportiva, quadra de areia, pista de caminhada, ciclovia, circuito inteligente de ginástica, anfiteatro e playground. Tudo isso em meio às mudas de árvores nativas plantadas pelo Ibram, com intuito de criar um bosque para recuperar a flora e fauna no local.

2ª/4ª avenidas, Sudoeste
Aberto todos os dias, das 6 h às 23 h

Parque Urbano do Paranoá
O antigo acampamento habitado por trabalhadores durante a construção da barragem do lago Paranoá deu lugar ao parque com quadras esportivas, ciclovia, pista de cooper, parquinhos, trilhas largas e diversas árvores frutíferas. Está limitado ao norte pelas quadras 2 e 3 da região administrativa do Paranoá. No extremo sul, pela junção entre a Estrada Parque Paranoá e a Estrada Parque Contorno. A presença de cachorros é permitida somente com guia, e os que oferecem risco devem portar focinheira.

Aberto das 6 h às 20 h

Parque Vivencial do Anfiteatro Natural do Lago Sul
Às margens do Lago Paranoá, permite a prática de diversos esportes, como ciclismo, corrida e remo. No local, há um morro artificial construído na década de 1980, utilizado para aprendizado de voo livre.

SHIS QL 14, Lago Sul
Aberto todos os dias, das 6 h às 18 h