Marcelo Sicoli - Síndico mundialmente premiado nos fala sobre como foi a tomada de decisão que o destacou no ano de 2017 - Correio do Síndico

Home Top Ad

ANUNCIE AQUI

13 de janeiro de 2018

Marcelo Sicoli - Síndico mundialmente premiado nos fala sobre como foi a tomada de decisão que o destacou no ano de 2017

Segundo Marcelo Sicoli "Ao contratar uma empresa, o contratante(condomínio) pode escolher um fornecedor que já tenha um positivo histórico de sustentabilidade, ou passar a incentivar os fornecedores a terem. Que tal  passar a disseminar a ideia entre os colabores do condomínio, condôminos e prestadores de serviço?"

 








Nada melhor que falar sobre projetos e síndicos vencedores. Marcelo Sicoli, gestor do condomínio Centro Clínico Sudoeste há 5 anos, é um exemplo a ser seguido por todos nós.

Sua visão sustentável à qual foi aplicada ao projeto de troca da cobertura do pátio central trouxe-lhe prêmios e, a nós, uma inspiração de boas práticas!!

O Correio do Síndico teve uma conversa descontraída com Marcelo, onde tivemos a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre ele.

Confiram!






Marcelo, antes de começarmos a falar das premiações, poderia nos dizer quais foram as necessidades no que tange a melhorias para os condôminos e o público, assim como de que reforma agregou valor para os usuários que te motivaram a desenvolver esse projeto de reforma?

Em abril de 2015 surgiu a necessidade da troca da cobertura do pátio central. Além do calor intenso gerado pelo policarbonato, que funciona como uma lente de aumento, a estrutura já estava velha e feia após 13 anos de uso. Também já havia muitos vazamentos de água da chuva. Surgiu a dúvida: apenas substituir o policarbonato antigo por um novo  ou adotar outra solução técnica? Uma experiente empresa de arquitetura sugeriu a adoção de lona tensionada, além de já ter feito projeto de revitalização do prédio como um todo.

Além de melhor proteção contra chuva, poeira e  sol, passou-se a ter um ambiente mais bonito, moderno, melhor iluminação natural e com temperaturas mais agradáveis. 

Ganhou-se também na melhor circulação de ar e até mesmo na acústica, pois o material faz menor barulho que o antigo em caso de chuvas, fator importante em prédio constituído predominantemente por clínicas médicas e odontológicas. À noite, com a oscilação de calor, ouvia-se estalos frequentes pelo trabalho do policarbonato. 

A melhor circulação de ar inclusive, previne a proliferação de doenças, sobretudo as respiratórias.




Seu projeto foi escolhido como finalista pela Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH). Nos conte, em detalhes, quais ações foram realizadas pelo trabalho inscrito com o título de "Sustentabilidade em Condomínio Comercial" para que o prêmio - Ser Humano Brasília, na categoria Organização Cidadã, fosse oferecido a você e sua equipe. 

Mais de 7 toneladas de metal foram removidos e encaminhados para reciclagem. Com os recortes da lona, ao invés de incineração optou-se por contratar cooperativa de artesãos do DF para confecção de lindas bolsas promocionais do edifício. Combinou-se a lona com brim verde ou vermelho (cores do logotipo) e distribui-se entre os condôminos com intuito de auxiliar em compras de supermercado por exemplo, aderindo a moda das bolsas ecológicas, evitando o consumo e despejo de sacos plásticos. Estes dois principais pontos contribuíram para várias premiações.

Sua equipe também foi finalista na categoria Recycling and Environment no World Demolition Summit 2017 e, no mesmo dia, ganharam o prêmio Best Resources Project by Facilities Management Award (melhor gestão de recursos em administração predial) em evento organizado pela CIWM , instituição britânica ligada ao tratamento de resíduos em geral. A experiência de estar sendo reconhecido mundialmente, através de ações práticas sustentáveis, te inspirou a desenvolver novos projetos com esse perfil para aplicação no condomínio nesse ano de 2018? Poderia adiantar alguma coisa sobre? 

Em 2018, não temos grandes projetos, muito menos com tamanha visibilidade. Mesmo as outras etapas(revitalização de fachada, adição de nova cobertura frontal etc), apesar de muito importantes, não representarão uma tão impactante quebra de paradigma, como visto no ano anterior.



Não é ainda muito comum vermos gestores colocando em prática ações sustentáveis, optando sempre pelo menor custo ( que significa apenas o descarte do material). O que te motivou a essa tomada de decisão?

O uso de recursos sustentáveis em obras está cada vez mais em voga no Brasil e em todo mundo. Muitos materiais que antes eram jogados fora, hoje é “chique” que sejam reaproveitados, mesmo que em composição com materiais novos.  Além disso, é crescente a consciência de empresas de construção civil no que tange ao rejeito de obras em novos projetos e também no entulho produzido na demolição de estruturas antigas. Construção e demolição geram rejeitos. Existem hoje no Brasil entidades e associações ligadas a destinação adequada do entulho e rejeitos na construção/demolição.

Iniciativas de projetos com visão sustentável estão começando a surgir entre gestores de alguns segmentos na indústria e varejo. A importância de ações práticas devem ser incentivadas em todos os âmbitos, mesmo que acarrete em um aumento de custo. Gostaria de deixar alguma mensagem de incentivo aos leitores e gestores?


Ao contratar uma empresa, o contratante(condomínio) pode escolher um fornecedor que tenha já um positivo histórico de sustentabilidade, ou passar a incentivar os fornecedores a terem. Que tal a passar a disseminar a ideia entre os colabores do condomínio, condôminos e prestadores de serviço? Economia de energia e produção solar de eletricidade; reuso e uso consciente de água; uso de transportes alternativos e não-poluentes;  Uso de materiais ecologicamente corretos e descarte adequado do lixo no seu mais amplo sentido: construção civil, lixo orgânico, lixo reciclável. Há dezenas de ótimas ideias já implementadas em todo Brasil.  As vezes requerem um investimento pequeno, mas o retorno financeiro é rápido e o planeta agradece. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários ofensivos serão deletados.